Seja você a mudança que tanto quer ver

6eca1f8859cd32b8c7eca09a0e5830c3 Já tive dias de cão, dias terríveis daqueles em que não quis sair da cama. Já quis que minha vida inteira mudasse, já quis mudar de escola, mudar de casa, de cidade, de país. Quis mudar meu estilo, minha dieta, minha faculdade, já quis muita mudança… Mas só agora percebi que a primeira mudança de tudo deveria ser feita em mim e na minha maneira idiota de ver o mundo. E quando mudei isso, todo o resto mudou! Ainda é uma coisa recente, mas as pessoas também mudam da noite pro dia, sabia? Claro que na maioria dos casos, pra alguém mudar mesmo a maneira de pensar e de viver leva um tempo, mas a decisão mesmo, muitas vezes é tomada de uma hora pra outra. No meu caso foi exatamente assim. (Obs: cada um é cada um e cada um tem um jeito diferente de mudar o jeito de pensar, uns levam dias, outros anos, o post no caso é sobre mim! E somente “mim”.) Se um dia você acordar com a vontade de ver a vida com diferentes olhos, experimente! A mudança que você quer ver pode estar aí… É complicado falar sobre isso, eu mesma nunca consegui admitir que eu era ultra pessimista, acho que minha cabeça funcionava mais ou menos assim: não crie expectativas, sempre espere o pior, assim você não se decepciona e se der certo, você se surpreende. Hello! Não é assim que a banda toca mais! Não daqui pra frente… EU tomei as rédias da minha vida e uma pequena revolução vai começar a acontecer por aqui.

Já se perguntou qual é a sua cor preferida? Se não, pergunte-se. Se a resposta for “não sei”, tem alguma coisa errada aí, “não sei” é bem diferente de “ah, azul, rosa, branco e verde” ou “roxo definitivamente é a minha cor preferida”. Comece por esclarecer o que você mais gosta, o que te deixa feliz e o que te faz bem. “Qual é a sua sobremesa favorita?” “Que modelo de carro você mais gosta?” Ou até mesmo “qual é o emprego dos seus sonhos?” Imponha suas vontades a você mesmo pra depois impor a terceiros, quartos e quintos. Se você não souber o que quer da vida, quem é que vai saber?

O ser humano vive mudanças constantes a medida que vai adquirindo experiências, a maneira como eu vejo o mundo hoje pode ser 1% diferente da maneira como eu via o mundo ontem. Vivendo e aprendendo… é clichê, mas também é a mais pura verdade, alguém me disse uma vez que as experiências ruins às vezes trazem mais aprendizado do que as boas e não é que ela estava certa? Quando a gente passa por alguma coisa ruim, normalmente a nossa primeira intuição é não querer passar por aquilo de novo e é aí que deve ocorrer uma avaliação pra gente ver onde foi que errou. Não sei se você percebeu mas o post está bem corrido e eufórico, ah! e otimista… bom, isso nada mais é do que a reflexão do meu estado de espírito no momento.

Já são 23:57 e eu preciso dormir porque amanhã minha aula de Economia começa bem cedo. O post tá meio sem pé nem cabeça, mas a necessidade de colocar tudo isso pra fora foi bem maior do que qualquer preocupação com a sequência de ideias!

Obs 2: a imagem no post é de uma obra dos artistas Os Gêmeos, não consegui identificar o nome… Boa noite! ;)

Comente! ♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s